Buscar
  • vacavoa

Hashtags: menos é sempre mais

Atualizado: Jun 23

Tem gente que ama exagerar no uso das hashtags, mas a nossa principal dica é: “vai devagar aí”


A Hashtag é uma palavra ou frase precedida por um símbolo de cerquilha (#), muito utilizada em redes sociais e aplicativos, para identificar mensagens sobre um tópico específico. Em resumo, ela pode ser considerada um hiperlink que leva para uma página com outras publicações relacionadas ao mesmo assunto, ou ainda, uma facilitadora de busca.


Porém, o que muuuita gente não sabe é que essa ferramenta também precisa de uma dosagem certa. Isso mesmo. Encher um post de hashtags, além de ser desagradável para o leitor, ainda pode diminuir a visibilidade da sua postagem.


Por isso, separamos algumas dicas do que NÃO FAZER com as hashtags.


#nuncaescrevaassimporfavor

Além de ser visivelmente feio, usar a hashtag desta forma dificulta a leitura dos seus seguidores. O espaço entre as palavras existe por um bommmm motivo: dar fôlego na leitura. Então, por favor, não sufoque as palavras, elas precisam respirar.

Mantenha sempre as palavras curtas, e em casos específicos em que é necessário usar mais de uma, a dica é: comece cada palavra com letra maiúscula. Veja os exemplos: #VacasVoam #RedesSociais #MarketingDigital.


#assim #também #não #beleza #?

Nada de colocar uma hashtag para cada palavra da frase. Apenas escolha palavras que tenham realmente um significado, ou seja, que de fato sejam palavras-chave, talquei?


Menos é sempre mais

Essa dica vale para quase tudo na vida (exceto dinheiro). Usar o recurso em excesso pode afastar os seguidores e até soar como spam, em algumas redes sociais.

No Instagram, existe um limite de 30 hashtags por postagem. O que não quer dizer, obviamente, que você precisa usar todas elas. A recomendação, segundo estudo realizado pela SocialFresh, é utilizar, no máximo, dez por postagem.

Já para empresas com menos de mil seguidores, pesquisa da TrackMaven recomenda entre cinco hashtags. E só. A ideia principal é não parecer desesperado em busca de seguidores. Faz todo o sentido, né?!

O Facebook, por sua vez, altera o seu algoritmo e pode interpretar o uso em excesso de hashtags como spam. E ninguém quer isso. No Twitter, recomenda-se usar apenas uma ou duas hashtags, já que os caracteres são limitados por post.


Cuidado com o “Aurélio”

Basta um erro simples de ortografia, ou de digitação, para fazer com que o recurso seja um verdadeiro fracasso. A chance de que várias pessoas cometam o mesmo erro no momento de criar a hashtag é praticamente zero. Por isso, muita calma nessa hora. Escreva sempre com a atenção redobrada.


Minha Hashtag, Minha Vida

Uma dica de ouro é criar sua própria hashtag, seja para uma campanha específica, evento ou simplesmente para destacar algo importante que é só da sua marca. Veja alguns exemplos: #FomeDeMc (McDonald’s Brasil); #TragoVerdades (Natura) e #VaiNoGás (Coca-Cola). Basta usar a criatividade e claro, o bom senso.

Se utilizadas com moderação, as hashtags podem ser grandes aliadas na sua estratégia de Marketing Digital. Por isso, use com sabedoria. Assim, você poderá melhorar o alcance dos seus posts e interagir mais com os seus seguidores. #FicaADica


Bônus: Sobre usar ou não usar pontuação na hashtag: você quem manda!

No Instagram, com ou sem pontuação, a hashtag é facilmente encontrada. Na prática, não faz diferença. Por outro lado, no Twitter, a recomendação é NÃO USAR. Segundo informações na própria Rede Social, adicionar pontuação em uma hashtag, poderá fazer com que ela não funcione corretamente.